Testemunho de um cliente de renting

João Oliveira é um dos nossos clientes de Renting, tendo optado por um Tesla, Model S 100D. Em conversa , quisemos saber o que o levou a entrar na mobilidade eletrica, se teve dificuldades em deixar o mundo a combustão e quais as razões de preferir a solução de Renting operacional.

1. Porquê optar por um carro eléctrico ?

O “eléctrico” veio de arrasto. Neste momento os Teslas são os únicos carros eléctricos que compraria. Quando mudei o meu veículo anterior, que era um carro a gasolina com 204cv, uma das coisas que queria era ter performances melhores, e logo por aí andei a namorar o Tesla pois têm prestações que, para serem comparáveis num carro a combustão, temos de entrar no mundo dos carros exóticos. E eu precisava de um carro para a família. Depois todo o universo Tesla, as inovações tecnológicas, a imagem, tudo, era bastante atrativo para mim. O facto de ser eléctrico e de ser uma empresa que está, literalmente, a mudar o Mundo, fizeram com que se tornasse um carro muito desejável para mim. Características associadas aos carros eléctricos (instant acceleration) ou tecnologias muito especiais (OTA updates, auto-pilot, etc) fazem-me achar este carro único e diferente de qualquer outro. Antes da Tesla eu queria um Panamera, que na minha opinião apenas ganha nos acabamentos interiores e na assistência disponível, mas acaba por ser apenas um carro um pouco melhor do que aquele que eu tinha, enquanto que o Tesla é um caso único. Ser eléctrico era um grande atractivo pelas vantagens de o ser (como a aceleração instantânea) que referi mas para eu o considerar teria de ser um carro que não comprometesse nem me limitasse o dia a dia nem a nível de performance nem de autonomia. Tendo 3 ou 4 vezes a autonomia que preciso no dia a dia, e um tempo dos 0 aos 100 que corresponde a metade do que tinha no meu Mercedes de 204cv, foi mesmo uma decisão muito fácil.

QUER FICAR A PAR DAS ÚLTIMAS NOVIDADES DA MOBILIDADE?

2. A mudança do mundo a combustível para o mundo eléctrico foi difícil ?

Não tive qualquer dificuldade. Carrego o carro à noite em casa, normalmente de 3 em 3 dias. Normalmente faço menos de 100km por dia, pelo que a autonomia do carro é muito superior às minhas necessidades. Já fui algumas vezes a Lisboa desde que tenho o carro, nunca tive problemas em fazer os carregamentos na auto-estrada, mas da última vez já tive oportunidade de utilizar o SuC de Fátima que faz com que a viagem Porto-Lisboa não tenha mais limitações que num carro a combustão. Na verdade, o meu dia a dia é bem mais simples, nunca mais fui a bombas de gasolina, apenas uso o carro normalmente e se chego a casa e vejo que tem menos de 20%, deixo a carregar durante a noite. Super fácil.

3. A família está a gostar da experiência ?

Sim, o meu filho adora o Tesla, diz que é o “carro mais rápido do mundo” 🙂 E fica doido com o ecrã, com o summon, e todas as tecnologias. Só tem pena de não abrir as portas como o model X 🙂 A mulher também ficou rendida rapidamente, apesar de inicialmente não ser a primeira opção dela.

4. Quais as razões e vantagens de optar por um renting ?

Pareceu-me a solução mais interessante para ter um custo mental fixo e permanente, descomplicado e ser uma solução mais flexível para quando terminar o período de renting poder tomar a decisão de manter ou trocar de carro

Para mais informações sobre o

RENTING ZEEV