Governo reforça incentivos à compra de carros elétricos para 2020

O Governo vai reforçar para quatro milhões de euros os incentivos à aquisição de carros elétricos por particulares e empresas, de acordo com o Relatório que acompanha a proposta do Orçamento do Estado para 2020 (OE2020).

Segundo o documento, “o Governo mantém ainda o desígnio de promoção da mobilidade elétrica, através da manutenção dos incentivos em vigor, nomeadamente o apoio à introdução no consumo de veículos com 0% de emissões através do Fundo Ambiental, com um reforço da dotação para quatro milhões de euros”.
No final de agosto de 2019, o jornal Público noticiou que já tinham sido atribuídos apoios para a compra de 988 carros elétricos ao abrigo dos incentivos do Fundo Ambiental, representando uma utilização de 99% das verbas disponíveis, que previam financiar 1.000 candidaturas.

Citando informações prestadas pelo Ministério do Ambiente e da Transição Energética, das 988 candidaturas aprovadas 684 eram de empresas e 304 de particulares.
Só os veículos com um preço máximo de compra de 62.500 euros eram elegíveis para estes apoios.

Mais Postos de Carregamento

Ao nível da promoção da mobilidade elétrica, em 2020 o executivo compromete-se a promover o processo de abertura do mercado de carregamento de veículos elétricos, expandindo assim a rede pública, de forma a que “todas as áreas de abastecimento de combustível com um volume considerável tenham a obrigação de disponibilizar um ou mais postos de carregamento“, lê-se no documento.

O OE2020 começará a ser debatido em plenário, na generalidade, nos dias 09 e 10 de janeiro, estando a votação final global prevista para 06 de fevereiro.

Fronte do Artigo: https://bit.ly/30nCZff

Um futuro promissor

O grande desafio hoje em dia, nas renováveis, é a eficiência. Existe um exemplo disso em que a ACAP e a VALORCAR estabeleceram uma parceria com ZEEV onde foram instalados 62 painéis solares, com apoio de baterias reutilizadas e um posto de carregamento para carros elétricos. Este sistema fotovoltaico será capaz de produzir anualmente cerca de 32 MWh de energia limpa, evitando a emissão de 32 toneladas de CO2, o equivalente ao consumo anual de 19 habitações familiares. A utilização das baterias neste sistema permitirá armazenar a electricidade para quando esta for necessária, por exemplo carregar carros elétricos.

Para mais informações sobre o

ENERGIA