7 motivos para adquirir uma scooter ou moto eléctrica!

As motas e scooters elétricas são sinónimo de liberdade, apreciar as paisagens, sentir o ar e muito mais.

Aqueles que apreciam o mundo das motas e scooters elétricas conhecem bem as sensações que elas são capazes de transmitir, sem não esquecer a facilidade de conduzir e estacionar.

Agora estamos em casa e devemos continuar assim, até novas indicações.

Por que comprar um moto ou scooter elétrica.

O planeta vai sofrer mudanças e haverá novas abordagens e novos desafios pela frente, particularmente em todas as áreas.

Nos próximos meses, as atividades ao ar livre vão ter certamente determinadas restrições, mas não para quem anda de motociclos e ciclomotores, isto porque ao adquirir uma moto ou scooter estamos a ter:

Distanciamento social desfrutando na mesma a 100%;

Rosto coberto, com capacetes integrais, boca, nariz e olhos protegidos;

Uso de luvas, elas são essenciais diariamente em rotas e excursões;

Ventilação constante, o ar circula constantemente pelo nosso corpo.

Ou seja, tudo o que um utilizador de motos e scooters normalmente já faz está dentro das regras e da lógica para tomar precauções contra o COVID-19. A única coisa que devemos fazer é adotar novos costumes, como limpar e desinfetar o capacete e as luvas quando chegamos a casa.

Mas vantagens das motos e scooters elétricas.

Além de tudo isso, liberdade, sensações, conforto na cidade … os motociclos elétricos têm outras vantagens.

–  São mais económicas

–  Exigem menos manutenção

– Pagam menos impostos

– Fáceis de conduzir e estacionar

– São mais silenciosas

–  Não emitem gases tóxicos

– Atividade cerebral e contacto com a natureza

E ainda existe a opção das motas e scooters em segunda mão, onde podemos encontrar qualidade e fiabilidade.

Apoios ainda disponíveis para compra de motociclos

Por esta altura, os pedidos de apoio no caso das motos elétricas estão com um registo de apenas 12 candidaturas – estão bastante aquém do limite dos incentivos disponíveis.

Isto significa que, de acordo com os números divulgados pelo Fundo Ambiental do Ministério do Ambiente e Transição Energética, 7 candidaturas já foram aceites. Ao número de pedidos na categoria de motociclos somam-se ainda, e neste momento, 5 candidaturas em processo de validação.

O incentivo pela introdução no consumo de motociclos de duas rodas e ciclomotores elétricos e bicicletas de carga é traduzido na forma de atribuição de unidades de incentivo no valor de 50% do valor do veículo, até ao máximo de 350€, devido pela introdução no consumo de um veículo 100% elétrico novo, isto é, cuja primeira aquisição (ou registo, se aplicável) tenha sido feito em nome do candidato, a partir de 1 de janeiro de 2020.

Veja o formulário on-line para candidatura a este incentivo aqui.

Para mais informações sobre o

ENERGIA